Nossos pensamentos determinam nossas ações.
Antes de fazer o que fazemos, pensamos em fazer. E porque fazer. E para que fazer.

Os pensamentos são a parte clara e geralmente habitam no consciente da nossa mente.
Seria mais fácil se toda a logística do cérebro se resumisse por aqui, do tipo “eu quero pensar desse jeito e tchan! Pensei!” Ou até mesmo “a partir de hoje terei pensamentos mais positivos e puff! Me tornei super positiva”
Pois é, sabemos que não é tão simples assim…


Antes do pensamento vir à tona e me conduzir a alguma ação, algo acontece.

Percebo algum tipo de estímulo (sinto um cheiro, ouço algo, vejo..) que me traz alguma informação (memórias referentes a minha experiência de vida/ minhas crenças) e isso junta na mesma onda com os meus valores (aquilo que acredito – baseado também na minha experiência de vida – ser extremamente relevante e essencial…meus valores de vida!).

Enfim coloque tudo ali, juntinho na mesma vibe e taí… PENSAMENTOS!

Ui… tantos bons, outros nem tanto e outros que dão até medo, né?
Claro, estou dando uma boa resumida por aqui, mas de uma forma pratica é isso:

ESTÍMULO ➡EMOÇÕES ➡CRENÇAS + VALORES⏩⏩ PENSAMENTOS

E ainda podemos ir um pouquinho mais longe:

ESTÍMULO ➡EMOÇÕES ➡CRENÇAS + VALORES⏩ PENSAMENTOSCOMPORTAMENTO

Isso mesmo, meus pensamentos antecedem e conduzem meu comportamento.

Constantemente queremos mudar algum comportamento, um hábito em nossas vidas e achamos tão difícil não é verdade?!

A chave da mudança consiste em mudar não somente o hábito, mas aquilo que o precede.
Para mudar seus pensamentos é necessário entende-los. E para entende-los é necessário uma profunda conexão com seu EU.

Entender não só porque fazemos o que fazemos, mas  porque pensamos o que pensamos.

Esse profundo auto-conhecimento traz consigo a possibilidade da mudança genuína.

Uma somatória de fatores e infinitas possibilidades de ir muito além.

Quer transformar um hábito, uma mania… entenda e melhore a qualidade dos seus pensamentos.

Tente! Você pode se surpreender…

Bora voar….